Política de verdade...

É só uma fraudezinha à lei eleitoral em nome da política de verdade.

in Câmara Corporativa

Comentários

e-pá! disse…
Quer Guilherme Silva, quer Alberto João Jardim, vieram a terreiro, desmentir a "jogada".

Esquecem-se que longe vão os tempos em que a memória era curta...
Hoje, existem cada vez mais
meios para denunciar estas "chiquelinas".
E cada vez menos tolerãncia para aturar malabarismos políticos.

Estaremos cá para ver...

Ah! já me esquecia...
A Prof. Manuela Ferreira Leite defende que se deve falar a verdade aos portugueses.
André Pereira disse…
Salvo erro, ela não é prof.ª. Oque não faz dela nem melhor nem pior. Mas, salvo erro, toda a sua vida fora do apolítica foi a trabalhar em bancos...
e-pá! disse…
Caro André Pereira:

É, para o rigor académico coimbrinha, uma professora de aviário.

Mas as habilitações académicas pelo País, valem o que valem.

Todavia, Manuela Ferreira Leite, teve uma início regular na vida académica: foi assistente no Instituto Superior de Economia durante mais de 12 anos (1966 a 1979). Apesar deste longo período de docencia não consta que se tenha doutorado...
Durante algum tempo foi "ajudante lectiva" de Cavaco...
Quando da criação do Universidade Católica Portuguesa "saltou", directamente, para Conselho Superior e de Orientação Estratégica dessa instituição...

É, desde 2005, professora convidada do Instituto Superior de Gestão da Universidade Lusófona, cargo que, ao que julgo, ainda acumulará.
Situação que, também não é inédita, nem rara no nosso País. Isto é, ser professor e não dar aulas..., bem, dar, não!, vender...

Caro André:
Em Lisboa tudo é professor ou, por caminhos ínvios, está em vias de o ser.
Esta uma das razões porque achei redundante o chinfrim feito à volta do curso de Sócrates na Univ. Independente.

As Universidades privadas foram um alfobre na distribuição avulsa de bacharelatos, licenciaturas e no fabrico professores de aviário., também designados por "professores convidados"...
Existem às centenas em Lisboa...

Mas, a sua relutância não é um problema nacional.
É um problema de Coimbra.
Ainda não chegou cá, em toda a sua plenitude, o simplex...

Cavaco e Silva, mestre de Ferreira Leite, percorreu quase todas as Escolas Superiores da sua área:Instituto de Ciências Económicas e Financeiras, actual ISEG , na Universidade Nova de Lisboa, na Universidade Católica e, finalmente, antes de enveredar pela vida política, encalhou, no Banco de Portugal.
Nunca foi um exímio praticante da assiduidade, tendo sido o Prof. João de Deus Pinheiro (da Universidade de Minho), o seu protector académico...e depois protegido político.

As voltas que a vida académica lisboeta dá!

Finalmente, como sabe "professor" em Coimbra, também, pode conter uma conotação depreciativa.
Por vezes chamamos a um idiota ou a um opinador gratuito:
Oh! professor!De maneira que, corrigindo:
A licenciada em Ciências Económicas e Financeiras, defende que se deve falar a verdade aos portugueses, o que não é substancialmente diferente do que tinha comentado anteriormente...

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido