Pedido razoável


Um membro do governo israelita pediu ao jornalistas e ao público deixarem de se referir à ‘gripe suína’, passando a utilizar o termo ‘gripe mexicana’. O vice-ministro da Saúde lembra que o porco é um animal mal amado por judeus e muçulmanos.

Comentários

e-pá! disse…
O México, desde há séculos, tem enfrentado as suas "gripes". Culturais e políticas.
Podiam chamar-se Emiliano Zapata ou Pancho Villa, entre outros nomes.
Estes, com o apoio da revolta popular, venceram os vírus das "chapeladas" que sucederam à dominação espanhola capitaneada, por Mendoza...

Mas provavelmente não o extreminaram.
Após séculos de incubação ele aí está de novo.
Quem sabe se não foi este vírus -e não a varíola - que contribuiu para dizimar os aztecas?

Os suínos são para as duas religiões monoteístas (judaica e muçulmana) animais impuros cujo consumo é, ainda, proibido.
Essa atitude, muitas vezes denunciou-os.
Espero que, desta vez, pela calada da prevaricação, não os infecte.
Mas o que dirão, deste aparte, os mexicanos?
Chamarão aos judeus comedores de pão ázimo, do tipo panquecas?
Ou o que dirão dos barbudos ortodoxos com o seus chapéus demodées, donde se penduram ensebadas tranças.
Yuppies fora de época?

A pureza, segundo as interpretações religiosas não se compadece com o mundo actual, conspurcado por guerras, massacres e violências.
Hoje habitamos um mundo impuro e a "gripe porcina" faz parte dele.
Não vivemos, nem sobreviveremos, com ilusões religiosas.
Muito menos com preconceitos desse tipo.

Um judeu, ou um muçulmano, perante um hindu como se refere a um bovino infectado pela encefalopatia espongiforme (BSE)...
Diria que o animal possuia a "doença das vacas loucas", atribuindo uma terrível insanidade o seu animal sagrado?

Portanto, não vamos tratar de problemas de saúde com anátemas religiosos. Isso, ocorreu na Idade Média...com péssimos resultados.
E-Pá:

Espero que a ironia do título do post não confunda ninguém.
ahp disse…
A mim parece-me que, na "lógica" das religiões islâmica e judaica, se alguém se poderia sentir ofendida era a gripe!

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975