Paraguai

O bispo católico Fernando Lugo era tão popular que ganhou as eleições presidenciais mas, ao trocar a mitra e o báculo pela política, três mulheres de quem tinha filhos quebraram o silêncio.

O respeito ao bispo exigia o silêncio que não se concede aos políticos.

Acabará por perder o palácio presidencial e não recupera o paço episcopal.

Comentários

e-pá! disse…
O CIRCO ROMANO NO PARAGUAI (Assunção).


Interessante é a "ginástica" do Vaticano em relação a Fernando Lugo.
Ninguém sabe, com clareza, qual o seu actual estatuto.
A Constituição do Paraguai não permite a eclesiásticos o exercício de presidente da República.

Entretanto, Lugo, terá pretendido do Vaticano: a dispensa, a suspensão, a demissão, a renúncia, etc.

Finalmente, parece que, no meio desta baralhada, Bento 16 terá considerado a sua suspensão (temporária) para compatibilizar o exercício de funções, mas continua a ser bispo...

No epílogo deste caso, Lugo agradeceu, penhoradamente, ao papa a sua decisão, o que para um prelado suspenso é mais do que suspeito...

Quando terminar o mandato, tão certo como parece ser um fértil procriador, regressará às suas funções de bispo.

Uma ICAR transparente...não há dúvida!

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975