O Islão e a modernidade

O ministro da Justiça da Arábia Saudita disse nesta quarta-feira que o governo do país pretende criar leis para regular o casamento de garotas, após uma polémica união entre um homem de 60 anos e uma menina de oito anos.

A Arábia Saudita adopta uma forma rígida do islamismo sunita que proíbe a livre associação entre pessoas e dá aos pais o direito de decidir com quem seus filhos se casarão.

Comentários

e-pá! disse…
Um País, onde o poder político manietado por imposições religiosas, determina a perda ou a subalternização dos dos direitos de personalidade pode estar a nadar em petrodólares, mas mais cedo do que julga, acabará por sucumbir à miséria humanitária...

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975