Incontinência verbal

O novo presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) considerou, esta quinta-feira, que a lentidão da justiça em Portugal deve-se à existência de «más leis».

Pergunta: E se os legisladores atribuíssem a lentidão da justiça à incompetência dos assalariados do exótico sindicato?

Estes sindicalistas, não respeitando quem foi eleito, perdem o respeito que lhes é devido.

Comentários

André Pereira disse…
Esta permanente falta de respeito institucional é coisa só vista neste país. Os senhores Magistrados do MP devem compreender que se quiserem recuperar o respeito da dignidade portuguesa devem trabalhar mais e falar menos; devem respeitar a Constituição, a separação de poderes e ter o educação cívica e institucional.
ahp disse…
O sindicato dos magistrados do MP praticamente não tem feito outra coisa nestes últimos 4 anos senão actividade política, atacando a Assembleia da República legitimamente eleita e o Governo e violando assim grosseiramente o princípio da separação de poderes.
Esta nova direcção persiste nessa postura, ainda mais acirradamente e com a agravante de o seu Presidente dar pontapés na gramática perante a televisão ("diria-o", disse ele na entrevista).
Rui Cascao disse…
Eu tenho uma convicção muito forte de que o principal factor de bloqueio dos tribunais é o factor humano, nomeadamente a mentalidade de muitos juízes, magistrados do MP e funcionários judiciais.

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido