Ségolène Royal sobe, sobe...

Comentários

Anónimo disse…
Porto, 2006.09.29´
"Ségoléne Royal..."
Penso que é uma socialista de fibra com vontade de mexer nas coisas. Tem cultura e experiência e penso que pode fazer um bom lugar. Se conhecer bem as razões que levaram os "SANS COULLOTES" à tomada da Bastilha, tem muitas hipóteses de ficar na história. Tenho esperança de que isso vá acontecer.
JS
e-pá! disse…
A situação do PSF, no que diz respeito às próximas eleições presidenciais é, ainda, muito confusa.
O abandono da "corrida" presidencial por parte de Jospin era esperado, há algum tempo, já que não reunia apoios partidários sustentáveis. Jospin é, dentro do PSF, um homem controverso e, nestas disputas à presidência, um perdedor nato.
Todavia, a sua saída desta "corrida" não é pacífica em termos de clarificação política. Saí dizendo que não apoia Ségolène - o(a) candidato(a) melhor posicionado.
Por outro lado, a par dessa reserva em relação a Ségolène não apoiou nenhum dos outros candidatos no terreno(Laurent Fabius, Dominique Strauss-Kahn e Jack Lang).
A candidatura de Ségolène, indeferente à jactância e ao ressaibramento de Jospin, classificou esta resolução de “muito boa notícia”.
E acrescentou: “um passo decisivo para a aliança entre os socialistas”.
Lá como cá, à beira das eleiçôes, o(s) PS's perdem-se em tricas, em remoques verbais, em confusões.
Ao lado, na mesma disputa, a direita reune-se e fortifica a sua candidatura à volta de Nicolas Sarkozy.
Ségolène Royal, colocou o dedo na ferida ao centrar a questão na aliança entre socialistas.
A disputa "Sarkozy-Segolene" é o horizonte para as leições de 2007.
Falta, contudo, o essencial - clarificar a situação partidária no interior do PSF.
Sem isso, Sarkozy vencerá (com, ou sem, o apoio de JM le Pen)
Anónimo disse…
Porto, 2006.09.30
Um bom dia amigo para e-pá!, que cumprimento pela clareza da exposição no texto anterior.
Muito bem.
JS
Anónimo disse…
Mas a direita está gasta...
Penso que não haverá problema em ganharem e essas questões serão resolvidas.

Diogo.
Anónimo disse…
Oxalá tenhamos um dia uma portuguesa assim para Presidente!
André Pereira disse…
VIVA SÉGOLÉNE!
Vive la République!

Mensagens populares deste blogue

Os incêndios e a chantagem ao Governo

O último pio das aves que já não levantam voo